*Sudão Sul e a retórica do linchamento étnico.

47* Sudão Sul e a retórica do linchamento étnico.

Ideologias religiosas e culturais incitaram os sudaneses do Sul à enveredar pela luta armada com o fito de se desmembrarem do Sudão enquanto Pátria de todos sudaneses. E por largos anos o sangue jorrou naquela circunscrição geográfica do norte de África. E o norte do Sudão maioritariamente muçulmano viu-se impotente para contrapor-se aos receios das Nações Unidas de discriminação religiosa contra o Sudão do Sul maioritariamente cristão. E a montanha pariu um rato?! Afinal, mais do que receios de eventuais conflitos inter-religiosos dos agora vizinhos do Sudão, a própria mais jovem nação africana vem desencadeando internamente limpezas étnicas, mais por conta do arcaico conceito de tribos ainda mal interpretado por muitos governantes daquele espaço territorial e que julga imperativo dizimar os demais para melhor reinar?! E neste desgoverno de autoridade e de gestão do país, tristemente vai se anunciando a iminência de famina no  seio das populações deslocadas pelo mesmo factor. E já nem sabemos ao certo para que serve o chapéu na cabeça do PR Salva Kirr, tão pouco sabemos que causas coloca os rebeldes agachados sobre o bananal?!

Crónica de; Jonas Nazareth