…E Kalupeteka sonhou com o fim do mundo?!

Na ganância de vir a tornar-se líder espiritual a qualquer preço, o cidadão kalupeteka decide inapelavelmente fundar uma congregação religiosa e que passou a denominar de fez recurso a bíblia para com ela converter os menos incautos ”Jesus Cristo no mundo?” revertendo os menos incautos a abraçarem seu projeto, pois fez da bíblia sagrada sua principal arma para visar corações vulneráveis e ávidos de um apoio espiritual, e como sacrifício nenhum e feito de borla, o dizimo constituiu-se no desiderato do seu projeto. Melhor não teria feito, caso escolhesse como fonte de rendimento a política, pois nesta área já outros tubarões lá se encontram e que dominam com perspicaz eficácia este instrumento e nem sempre para servir o povo. É assim que kalupeteka nas vestes de pastor foi exaltando seus seguidores a ganharem os céus por via do pagamento do dízimo?! Mas com os tempos, essas pregações já não convenciam os tais fiéis, e sabendo que ele dependia exclusivamente do dízimo da congregação para sustentar as novas mordomias que adaptar como o modo de vida, não se sabe ao certo se ele teria sonhado ou inovado, o certo e que acordou decidido em revelar uma novidade de bradar aos céus, afirmando de pés juntos que o fim do mundo estava para breve, e como medida preventiva para ascenderem aos céus, teriam os fieis que abandonarem todos seus haveres mundanos e se recolherem ao cimo de uma montanha, onde provavelmente intensificariam suas preces para conquistarem o sucesso no outro mundo? Qual ritual especial, kalupeteka recolhia com sucesso muitos dos seus fies para o monde “sumi” o que terá despertado os demais cidadãos e consequentemente os órgãos policiais e levado estes as devidas averiguações no cimo da montanha. O encontro ocorreu irreversivelmente, houve excitamento de um dos lados, trocas de tiros que culminaram com mortes de ambos os lados, situação que não abona o pastor kalupeteka e seus seguidores, pelo facto de terem ripostado com armas de fogo e fazerem vítimas mortais… Soube-se por fim que kalupeteka, acabou por ser apanhado, com ele, muitos dos seus seguidores, sendo que muitos outros encontraram a morte no cruzamento das balas entre a policia e alguns fieis com experiencias militares.  E vai o aviso, para os demais com a linha de pensamento semelhante ao do kalupeteka, saibam que a justiça e irredutível, e caso venham a pretender contar piadas para engordarem os sacos para onde caem os dízimos, devem imperativamente colaborarem com a policia e em caso nenhum devem fazer recurso a armas de fogo.

Antes

Antes

e depois...

e depois…